QUALIDADE DO ATENDIMENTO EM UNIDADE SANITÁRIA DE ÁREA I DA POLÍCIA MILITAR DO PARÁ: PERCEPÇÃO DOS USUÁRIOS

Gabriela Loureiro da Cruz Carvalho, Janaína Cunha Romeiro, Tiago Costa Esteves, Vanessa do Nascimento Pinheiro

Resumo


A avaliação das ações de saúde é uma atribuição em que se incluem o planejamento, o controle e a avaliação das ações e serviços de saúde. Diante disso, os serviços de unidade básica buscam garantir a melhora das condições de saúde dos indivíduos e da coletividade. Objetivo: avaliar a percepção dos usuários em relação à qualidade do atendimento da Unidade Sanitária de Área I. Método: trata-se de um estudo descritivo de corte transversal com abordagem qualitativa, para avaliar a qualidade dos atendimentos através da percepção dos usuários, por meio de um questionário. Resultados e conclusão: É relevante conhecer as opiniões dos usuários que frequentam a unidade de atendimento a fim de buscar melhorias para o serviço.

DOI: 10.36692/v13n2-15


Palavras-chave


Epidemiologia; Avaliação de Ações de Saúde Pública; Saúde Pública; Saúde; Área de Serviço de Saúde;

Referências


BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde, 2006c.

BRASIL. Sala de situação: Saúde da Família. Disponível em http://189.28.128.178/sage/?saude=http://189.28.128.178/sage/&botaook=OK&obj=htt p://189.28.128.178/sage/, acesso em 14 ago 2020.

BRAVO, M. I. Política de Saúde no Brasil. In: MOTA, A. E. (orgs.) [et al.]. Serviço Social e Saúde: formação e trabalho profissional. 4° Ed. São Paulo: Cortez,2009.

MEHRY, E. E. Em busca da qualidade dos serviços de saúde: os serviços de porta aberta e o modelo tecnoassistencial em defesa da vida. In: CECÍLIO, L. C. O. et. al. (Org.) Inventando a mudança na saúde. São Paulo: HUCITEC, 2010. p. 117-160.

LOHR, K; Institute of Medicine. Medicare: a strategy for quality assurance. Washington, DC: National Academy Press, 1990.

MATUS, C. Carlos Matus e o planejamento estratégico-situacional. In: RIVERA, F. J. U. Planejamento e programação em saúde: um enfoque estratégico. São Paulo: Cortez, 2000. p. 105-149.

O Método PES – Roteiro de análise teórica. In: TANCREDI, F. B.; BARRIOS, S. R. L.; FERREIRA, J. H. G. Planejamento em saúde. São Paulo: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, 1998 (Série Saúde e Cidadania)

CONTANDRIOPOULOS, A. P. et al. A avaliação na área da saúde: conceitos e métodos. In: HARTZ, Z. M. A. (Org.). Avaliação em saúde: dos modelos conceituais a prática na análise da implantação de programas. Rio de Janeiro: Fiocruz, 1997. p. 29-47.

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (Brasil). Resolução da Diretoria Colegiada – RDC nº 20, 5 de maio de 2011. Dispõe sobre o controle de medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianos, de uso sob prescrição, isoladas ou em associação. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2021.

Ministério da Saúde. Portaria MS/GM nº 3.394, 30 de dezembro de 2013. Institui o Sistema de Informação de Câncer (SISCAN) no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Disponível em: . Acesso em: 20.fev. 2021.

Ministério da Saúde. Secretaria Executiva. Programação Arquitetônica de Unidades Funcionais de Saúde – SOMASUS: Sistema de Apoio à Elaboração de Projetos de Investimento em Saúde. 1. ed, 1. reimpr. Brasília, 2011.

Resolução da Diretoria Colegiada – RDC nº 306, 07 de dezembro de 2004. Dispõe sobre o Regulamento Técnico para o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2021.

Ministério da Saúde. Portaria MS/GM nº 3.410, 30 de dezembro de 2013. Estabelece as diretrizes para a contratualização de hospitais no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) em consonância com a Política Nacional de Atenção Hospitalar (PNHOSP). Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2021.

Ministério da Saúde. Portaria MS/GM nº 529, 1º de abril de 2013. Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP). Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2021.

OBSERVAÇÃO: Os autores declaram não existir conflitos de interesse de qualquer natureza.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.