A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

Rosana Domingues dos Reis de Lazari, Anderson Martelli, Lucas Rissetti Delbim

Resumo


Introdução: A Educação Física no ambiente escolar, em principal na Educação Infantil figura como um componente de extrema importância para o desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social da criança. Objetivo: Retratar a relevância da Educação Física Escolar na Educação Infantil, bem como ela ser conduzida por um profissional especializado. Metodologia: A pesquisa foi realizada a partir de uma revisão da literatura especializada, sendo consultados artigos científicos publicados entre os anos de 2004 até o mais atual 2020 utilizando como descritores isolados ou em combinação: Educação Física Escolar; Educação Infantil e Brincar. Resultado: Durante as aulas, a criança é capaz de descobrir seus limites, se expressar e colocar em prática sua criatividade. Esse componente curricular obrigatório na Educação Básica, não está ligada apenas na área motora, mas se estende na formação social, no desenvolvimento da linguagem, do pensamento, conceito e respeito a regras. Conclusão: A criança que vivencia uma Educação Infantil lúdica e rica em experiências motoras, desenvolve uma bagagem de conhecimentos e experiências relevantes, tendo maior possibilidade de se tornar um adulto equilibrado e com maiores possibilidades de lidar com situações difíceis, favorecendo a conexões e resolução de conflitos interpessoais.

DOI: 10.36692/v13n2-09R


Palavras-chave


Educação Física Escolar; Educação Infantil; Brincar.

Referências


Faria AJ, Mazzonteto FW. A importância da Educação Física no Ensino Infantil. Efdportes Revista Digital Buenos Aires, 2015, 20(203).

Souza RSE, Rojas J. Educação Física e Interdisciplinaridade na Educação de Infância. Motrivivência. 2008, 31:207-223.

Tavares Filho CO. Exemplos de trabalhos interdisciplinares em de aulas Educação Física escolar. Efdportes Revista Digital Buenos Aires, 2012, 16(165).

Pátaro RF, Bovo MC. A interdisciplinaridade como possibilidade de diálogo e trabalho coletivo no campo da pesquisa e da educação. Revista Nupem, 2012, 4(6):45-63.

Maciel, J.P.S. A importância das aulas de Educação Física na escola: uma revisão bibliográfica. Efdportes Revista Digital Buenos Aires, 2014, 19(196).

Vieira GR, Nascimento BTF, Leôncio LML, Medeiros LHB, Silva NN, Figueiredo HM. Os jogos e brincadeiras no contexto da Educação Infantil em Surubim-PE. Brazilian Journal of Development, 2020, 6(5):29593-29602.

Farias US et al. Análise da produção do conheci-mento sobre a Educação Física na Educação Infantil. Movimento, Porto Alegre, 2019, 25:1-17.

Borre L, Reverdito RS. Educação física na educação infantil: tempos, espaços e os direitos da criança. Corpoconsciência, 2019:96-108.

Sena FS, Silva SGC, Lima MSM, Cavalcante MCB. A aquisição da linguagem através da brincadeira: uma reflexão sobre os campos de experiências da BNCC. Brazilian Journal of Development, 2020, 6(6):41703-41715.

Almeida DC, Borges LHF, Martins ML. A Importância da Educação Infantil para o desenvolvimento físico e cognitivo da criança. Anais do Seminário Científico do UNIFACIG, 2019, 5.

Brasil. Lei 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes Base Nacional da educação. Disponível em: . Acesso em: 05 de abril de 2021.

Brasil. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018.

Furtado RS, Brito AP, Pinheiro JC, Medeiros MV, Pinto VB. O jogo nas aulas de Educação Física na EI: do interesse pedagógico da Educação Física à produção de compreensão das crianças. Kinesis, 2019, 37.

Santos JSA, Júnior SBT. Aprendizagem significativa na educação infantil: a relevância da prática docente no desenvolvimento integral da criança. In: X Congresso Cólóquio Internacional “Educação e Contemporaneidade (22 a 24 de set.de 2016, São Cristóvão/SE – Brasil ISSN: 1982 – 3657), 2016.

Formigoni MCR, Oliveira MC, Jesus MS, Rocha JMF, Gabriel AGP. Importância do lúdico no desenvolvimento infantil com crianças de 0 a 5 anos, de acordo com os professores da escola municipal Menino Jesus, Município de Alta Floresta–MT/2012. Revista Eletrônica da Faculdade de Alta Floresta, 2012, 1(2).

Santos FX, Martins IC, Gimenez R. O brincar e os contextos físicos escolares: uma reflexão sobre a EI no Município de São Paulo. Revista@mbienteeducação, 2019, 12(1):177-191.

Corasarri SV, Vagula E, Nascimento MCM. A importância do brincar na Educação Infantil: eixo movimento. Universidade Federal da Paraíba. Revista Temas em Educação, 2018, 27(1):4.

Niles RP, Socha K. A importância das atividades lúdicas na Educação Infantil. Ágora: Revista de divulgação científica, 2014, 19(1):80-94.

Ferrari G, Savenhago S, Trevisol MTC. Da contribuição da ludicidade na aprendizagem e no desenvolvimento da criança na EI. Unoesc & Ciência–ACHS, Joaçaba, 2014, 5(1):17-22.

Rolim LR. O professor de Educação Física Infantil: uma revisão bibliográfica.2004. 104f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2004.

Campão DS, Cecconello AM. A contribuição da Educação Física no Desenvolvimento psicomotor na educação infantil. Lecturas, Educación Física y Deportes. Revista Digital. 2008, 13.

Queiroz AM. A construção da disciplina Educação Física ao longo da história no ambiente escolar. Efdportes Revista Digital Buenos Aires, 2014, 17(172).

Costa AR, Weymar MK, Silva PCR, Marques DAP. Educação Física na EI: O papel do professor de Educação Física. In: XII Congreso Argentino y VII Latinoamericano de Educación Física y Ciencias (Ensenada, 13 a 17 de nov. de 2017 ISSN 1853-7316), 2017.

OBSERVAÇÃO: Os autores declaram não existir conflitos de interesse de qualquer natureza.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.