TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E SUAS TRANSFORMAÇÕES NA EDUCAÇÃO

Anderson dos Santos Carvalho, Guanis de Barros Vilela Júnior, Pedro Pugliesi Abdalla, Aline Madia Mantovani, Luis Alberto Benavides Roca, Jair Rodrigues Garcia Júnior, Mariana Pardinho Lacerda, Gabrielly Vitória Nunes de Oliveira, Ana Beatriz dos Santos, Samaris Cristina da Rocha Durão, Dalva Heloísa Franceschini

Resumo


O objetivo deste estudo é apresentar os benefícios do uso das tecnologias da informação e suas transformações na educação. Método: Foi realizado um levantamento bibliográfico em artigos científicos, utilizando-se as palavras-chave “educação”, “tecnologia da informação” e “mídia”, exclusivamente na língua portuguesa. A pesquisa foi de revisão bibliográfica, na perspectiva de levantamento de autores que discutem a temática da mídia na Educação. Resultados: Identificou-se que os usos das tecnologias da informação tiveram influência direta e indireta na indústria, no trabalho, nas áreas gráficas, na produção audiovisual e na educação. As tecnologias apresentam acumulação de informação, têm velocidade incomparável em sua transmissão e superam os limites espaciais e modais, ou seja, implicam na utilização simultânea de múltiplos meios como som, imagem e texto e impactam na vida da população. Conclusão: Os usos das tecnologias da informação têm apresentado impactos numerosos e significativos na vida das pessoas, atingindo a produção de bens e serviços e as relações sociais.

DOI: 10.36692/v13n2-01R


Palavras-chave


Computador. Educação Física. Mídia.

Referências


Dias GA, Cavalcanti RdA. As tecnologias da informação e suas implicações para a educação escolar: uma conexão em sala de aula. Revista de Pesquisa Interdisciplinar RPI. 2016;1(Edição Especial ):160-7.

Carvalho AdS, Vilela Junior GdB, Abdalla PP, Mantovani AM, Júnior JRG, Lacerda MP, et al. Tecnologias da Informação e a Difusão de Significados Atribuídos Aos Elementos da Cultura Corporal. Revista Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida CPAQV. 2021;13(2):1-7.

Sánchez-Otero M, García-Guiliany J, Steffens-Sanabria E, Palma HH-. Estrategias Pedagógicas en Procesos de Enseñanza y Aprendizaje en la Educación Superior incluyendo Tecnologías de la Información y las Comunicaciones. Información tecnológica. 2019;30(3):277-86.

Carvalho AdS. Análise dos conteúdos virtuais relativos a vídeos sobre a cultura corporal e Educação Física. Piracicaba: Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP; 2013.

Tedesco JC. O novo pacto educativo: educação, competitividade e cidadania na sociedade moderna. 1 ed. São Paulo: Editora Ática; 1995.

Oliveira DMd, Gonçalves LCO, Neto AMDM, Araújo NC. A influência da mídia nas aulas de educação física. Brazilian Journal of Development. 2020;6(5):385-91.

Minayo MCdS, Gomes R, Deslandes SF. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Editora Vozes; 2007.

Goia JC. Arte, educação e novas mídias: apropriações bilaterais e convergências. Piracicaba: Universidade Metodista de Piracicaba – Unimep; 2011.

Zylberberg TP. A internet como uma possibilidade do mundo da (in) formação sobre a Cultura Corporal do movimento [Dissertação de Mestrado]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, Unicamp; 2000.

Patrinhani GF, Américo M. Mídia, cultura de paz e educação física escolar Ibero-Americana de Estudos em Educação. 2020;15(4):1-15.

Carvalho AdS, Mantovani AM, Silva TP, Abdalla PP. A mídia como conteúdo programático na formação de professores. Colloquium Humanarum. 2016;13(2):23-9.

Silveira J, Pires GDL. Educação física na cultura digital: ações docentes com as tecnologias digitais em escolas públicas de santa catarina Arquivos em Movimento. 2020;16(2):13-29.

Peres MAdC. Velhice e analfabetismo, uma relação paradoxal: a exclusão educacional em contextos rurais da região Nordeste Revista Sociedade e Estado. 2011;26(3):631-61.

Cerigatto MP. Educação, mídia e cultura digital na educação de jovens e adultos. Horizontes. 2020;38(1):1-20.

Castells M. A sociedade em rede. 1 ed. Lisboa: Editora Fundação Calouste Gulbenkian; 2002.

Freire P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários a práticas educativas. 41 ed. São Paulo: Editora Paz e Terra; 1996.

OBSERVAÇÃO: Os autores declaram não existir conflitos de interesse de qualquer natureza.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.