ANÁLISE DO CONHECIMENTO HISTÓRICO E FILOSÓFICO DE PRATICANTES DE JUDÔ

Daniel Zancha, Rafael Stein Pizani, Flávia Baccin Fiorante, João Felipe Pascoal Felizi, Matheus de Melo Pereira

Resumo


A presente pesquisa teve por objetivo avaliar os conhecimentos históricos e flosófcos dos professores e dos praticantes de Judô em relação aos fundamentos deixados por Jigoro Kano ao criar a referida arte marcial.  metodologia utilizada foi a abordagem qualitativa, tendo como recurso metodológico a pesquisa bibliográfca juntamente com a pesquisa de campo, esta composta por dois questionários com questões abertas, sendo um direcionado a professores e outro a praticantes. A partir da análise dos resultados podemos constatar que há um défcit no conhecimento de professores e praticantes da modalidade no que diz respeito às histórias princípios e correntes flosófcas que englobam o Judô, refletindo na prática de um Judô cada vez mais competitivo e com fns esportivistas.


Palavras-chave


Judô; Arte Marcial; Luta; Historia; Filosofa

Referências


DRIGO, A.J., SOUZA, N.S., CESANA, J., GOMES TOJAL, J.B A. Artes marciais, formação profissional e escolas de ofício: Análise documental do judô brasileiro. Revista Motricidade. v. 7, n. 4, p. 49-62, 2011.

SANTOS, S.G. dos. Judô: onde está o caminho suave? Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. v.8, p. 114-119, 2006.

SANTOS, S. O. Judô e educação: Jigoro Kano e a integração Oriente-Ocidente. Revista Collatio, n. 10, p. 39-46, 2012.

KANO, J. Energia mental e física: escritos do fundador do judô. São Paulo: Pensamento, 2008.

PINTO, D.C. de C.; CARVALHO, R. A. de. Judô: caminho suave ou caminho da vitória? Arte marcial que se esportivizou ou esporte que se tornou arte marcial? Simpósio Internacional Processo Civilizador: civilização e contemporaneidade, v. 12, 2009.

LUIZ, C. C. J.; GORGATTI, M. G.; MIARKA, B.; INTERDONATO, G. C. Um olhar tradicional sobre a contemporânea filosofia do judô. In 1º ENCONTRO DA ALESDE - Esporte na América Latina: atualidade e perspectivas. 2008.

SILVA, D. Princípios filosóficos do judô aplicado à prática e ao cotidiano. http://www.efdeportes.com/ Revista Digital - Buenos Aires - Ano 10 - N° 86 – 2005.

SANTOS, S. G. DOS, VIEIRA, L. F., BABATA, W. K., OGAWA, C. T., & UMEDA, O. Y. Estudo sobre a aplicação dos princípios judoísticos na aprendizagem do judô. Revista da Educação Física/UEM, n. 1. p. 11-14, 1990.

MENDES, M.R.; MULERO, A.U.M. O judô e a formação cidadã. Revista de Educação do CogEimE– Ano 24 – n. 47 – p. 59-68, 2015.

CALLEJA, C. C. Caderno Técnico Didático- Judô MEC. Brasil. Secretaria de Educação Física e Desportos, 1982.

SANTOS, S.O. Orientações Filosófico-Educativas Do Judô Kodokan Na Perspectiva Da Integração Oriente-Ocidente. Cadernos de Educação n.26, p. 159–180, 2014.

FPJ. Federação Paulista de Judô. História, Filosofia, Terminologias e Código de Ética, 2013.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.