A IMPORTÂNCIA DA ASSISTÊNCIA FISIOTERAPÊUTICA PARA A INDEPENDÊNCIA FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADAS EM UM ABRIGO NO MUNICÍPIO DE BELÉM – PA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Gabriela Trindade Felix, Valéria Renata Monteiro de Sousa, Ana Flávia Penante Silva, Michelen Silva de Souza, Wiviane Maria Torres de Matos Freitas

Resumo


Introdução: O número de idosos no Brasil vem aumentando vertiginosamente, ocasionando inversão na pirâmide etária, surgindo as Instituições de Longa Permanência (ILP), originadas de asilos e destinadas para idosos, objetivando a assistência em saúde. Logo, elencou-se como objetivo identifcar eventuais carências para propor soluções viáveis. Metodos: Utilizou-se como método PJBL (Aprendizagem Baseada em Projeto), realizando uma visita a um abrigo, onde a problemática encontrada foi a inexistência de algumas áreas da saúde, profssionais efetivos ou acadêmicos, a exemplo do fsioterapeuta. Resultados: A solução proposta foi a implantação na área de estágio curricular do curso de fsioterapia para a disciplina de Geriatria e Gerontologia com o objetivo de enriquecer a prática do atendimento, visando a importância do fsioterapeuta. Conclusão: A viabilização desta proposta possibilitaria a manutenção da independência funcional, aumento da longevidade e estimulação da cognição, melhorando a qualidade de vida destes idosos através da atuação fsioterapêutica.


Palavras-chave


Idosos; Institucionalização; Fisioterapia geriátrica

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.