COMPARAÇÃO DO EFEITO DE UM PROTOCOLO DE CIRCUIT TRAINING EM POLICIAIS MILITARES COM/SEM EQUIPAMENTOS

Leonardo A. Nunes, Thiago R. Barbosa, José E. C. Neto, Bráulio N. Lima, Leandro B. Camargo, Carlos H. P. Fileni, Ricardo P. Passos, Guanis B. Vilela Junior, Rezala C. L. Farias, Klebson da Silva Almeida

Resumo


A Polícia Militar não é apenas uma organização de prevenção e repressão do crime, mas sim uma agência pública de prestação de serviços e de socorro comunitário, onde a segurança da população exige que cada Policial Militar possua um alto grau de aptidão física. O Circuit Training (CT) é considerado como um “sistema de organização dos exercícios para o treinamento de determinadas capacidades e determinados aperfeiçoamentos de habilidade motora como: agilidade, velocidade, força e coordenação”. O objetivo deste estudo foi avaliar e comparar a Massa Corporal (MC) os dados gerados a partir do teste de Shuttle Run (SR) antes e após a intervenção do programa de 12 semanas de CT. A amostra deste estudo foi composta por 40 policiais militares do sexo masculino divididos em quatro grupos para a realização do teste SR: controle com (CC) e sem (CS) equipamento; intervenção com (IC) e sem (IS) equipamentos. O protocolo de CT foi composto por 10 estações de exercícios, onde o participante deveria permanecer em cada estação por 30 segundos para dar 3 voltas; após cada volta 5 minutos de intervalo ativo; as seções seguiram com uma frequência semanal de 3 vezes durante 12 semanas. O teste SR foi utilizado para avaliar performance na semana anterior e posterior ao protocolo de intervenção de CT. A MC foi aferida antes da aplicação do teste SR. Os resultados sugerem que o protocolo de 12 semanas de CT adotado para esse estudo gerou diferenças consideradas estatisticamente significantes (P≤0,05), diminuindo a MC e o tempo no teste SR dos grupos intervenção (IC e IS) nas condições pós intervenção em relação as condições pré intervenção e controle. A utilização de equipamentos pelo grupo IC não interferiu no resultado e não gerou diferenças consideradas estatisticamente significantes em relação ao grupo IS. O presente trabalho apresenta o CT como uma ferramenta aplicável e geradora de resultados satisfatórios para policiais militares.

Palavras-chave


Agilidade; Circuit Training; Shuttle Run; Policiais Militares; Avaliação.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.