PERCEPÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA DE FUNCIONÁRIOS DE CLUBES EM DUAS CIDADES DO ESTADO DE SÃO PAULO

Carlos Henrique P. Fileni, Pietro Balducci, Ricardo P. Passos, Leandro B. Camargo, Braulio N. Lima, Gustavo C. Martins, Claudio Novelli, Luis F. Silio, Valter R. Moraes, Fabio F. Vieira, Fernanda T. Costa, Mauro A. Guiselini, Rodrigo C. Oliveira, Heleise F. Oliveira, José Ricardo L. Oliveira, Guanis B. Vilela Junior

Resumo


Introdução:Pesquisar a qualidade de vida de diferentes populações se torna cada vez mais importante,dado que as demandas da vida na pós-modernidade fluída, onde tudo e todos têm que ser eficientes, rápido se excelentes em tudo. Ter o melhor carro, a maior casa, atender aos padrões estéticos das sociedades urbana se sempre estar bem nas dezenas de fotos postadas nas redes sociais. O clássico detrimento do ser diante do ter, um mundo onde muitas pessoas não vivem suas vidas, apenas as editam para o mundo virtual. Mas e a qualidade de vida de gente simples que não vive nesta espécie de escravidão tecnológica?Objetivo:avaliar a percepção de qualidade de vida de funcionários de clubes recreativos em duas cidades do estado de São Paulo.Métodos:20 funcionários de um clube em uma cidade e 32 funcionários de um clube em outra cidade, ambas, consideradas cidades interioranas, ou menos de 150 mil habitantes. Foi utilizado o questionário Whoqol-breve da Organização Mundial da Saúde (OMS) e a sintaxe recomendada pela OMS.Foi testada a consistência interna das respostas obtidas, realizada a estatística descritiva e as correlações entre os domínios do Whoqol-breve para cada grupo. Foi adotada a significância de p<0,05 em todos os testes. Resultados:O domínio do meio ambiente foi o que apresentou pior resultado em ambas as cidades,corroborando assim, a maior parte dos estudos que utilizam o referido instrumento no Brasil. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes quando comparados cada domínio de um clube com o domínio equivalente do outro clube.

Palavras-chave


qualidade de vida; Whoqol, saúde do trabalhador

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.