O BEM ESTAR DA PRÁTICA DE HIDROGINÁSTICA: UM RELATO DOS IDOSOS DA CIDADE DE LIMEIRA/SP

Flávia Fiorante, Rafaella Aline de Godoy, Murilo Henrique Martins de Lima, Cassiano Ferreira Inforsato

Resumo


O presente artigo teve como objetivos pontuar os principais motivos que levam os idosos a procurar a hidroginástica, identificar através dos discursos dos praticantes os resultados que essa modalidade pode proporcionar e por fim confrontar os dados coletados com outras pesquisas que tiveram o mesmo propósito. Participaram da pesquisa dez idosos de ambos os gêneros praticantes de Hidroginástica de um clube da área central da cidade de Limeira. A metodologia utilizada foi baseada em uma abordagem qualitativa, tendo como recursos metodológicos uma pesquisa de campo, composta de uma ficha cadastro e uma entrevista semiestruturada. A ficha cadastro dos praticantes foi utilizada para que pudesse ser identificado o perfil de cada um deles (gênero, idade, tempo que pratica a modalidade, se pratica outro tipo de exercício físico e se foi indicação médica). Já a entrevista semiestruturada foi composta por duas questões abertas abordando os motivos que os levaram a praticar essa modalidade, e os benefícios alcançados com a pratica. Após a coleta dos dados, a análise seguiu a abordagem qualitativa e as respostas foram agrupadas em categorias. Os resultados obtidos revelaram que grande parte dos praticantes aqui estudados iniciaram a modalidade por recomendação médica e, após iniciada a rotina de atividades regulares, identificam diversos benefícios em suas vidas, entre eles físicos e emocionais, como a diminuição de dores e a socialização.

Palavras-chave


Hidroginástica; Idosos; Exercício Físico

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.